Uma oferenda com 11 crocodilos com mais de 2.000 anos descobertos no Egito

Uma oferenda com 11 crocodilos com mais de 2.000 anos descobertos no Egito


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os arqueólogos responsáveis ​​pela descoberta acreditam que o destinatário da oferta foi Sobek, o deus crocodilo que foi creditado com a criação do rio Nilo.

Uma equipe de arqueólogos da Universidade de Jaén (Espanha) descobriu em Qubbet el Hawa, uma necrópole egípcia reservada para nobres e governantes nas margens do Nilo, um oferecendo mais de 2.000 anos da antiguidade composta por 11 crocodilos, um deles mumificado, disse ao El Mundo Alejandro Jiménez, líder da escavação que trabalha na área.

Jiménez garantiu que não esperavam encontrar mais nada, pois já haviam praticamente chegado à beira da colina de Qubbet el Hawa, também conhecida como Vale dos Príncipes, onde estiveram escavando. No entanto, e para sua surpresa, encontraram a entrada de algumas câmaras que permaneceram intactas, local onde foi feita a descoberta.

Dos onze ossos de crocodilo escavados, 10 foram embalados "sem respeitar sua forma original".

No entanto, um deles foi embalsamado e coberto com ataduras de linho que foram consumidas pelos cupins, de forma que apenas alguns restos permanecem presos à pele do réptil, explicou o arqueólogo.

Os cientistas suspeitam que as oferendas foram feitas por devotos locais em homenagem a Sobek, a divindade crocodilo a quem a cosmovisão egípcia atribui a criação do rio Nilo e se associa à fertilidade.

A oferenda estava localizada a cerca de cinco metros do túmulo de Shemai, irmão de um dos mais notáveis ​​governadores de Elefantina na 12ª dinastia.

Além disso, junto com os répteis, dois caixões policromados foram encontrados comidos por cupins. Houve também o sepultamento de uma criança datada do início do Império Novo que seria resultado de uma reocupação, conta a pesquisadora.

Embora a datação exata dos crocodilos ainda não tenha sido realizada por um arqueozoólogo, pela forma como foram armazenados e comparando-os com referências textuais que a equipe de arqueólogos conseguiu encontrar, Jiménez ousa dizer que o túmulo pertence ao Período romano.

Via RT.


Vídeo: LEÃO DESAVISADO ENTRA NO RIO DO CROCODILO